Dietas

Dieta da USP

 

A dieta da USP é uma das mais conhecidas dietas que, há anos circula no mercado, muito embora receba este nome, nada tem a ver com quaisquer estudos produzidos por esta renomada universidade.

Sua origem verdadeira perdeu-se com o tempo. Sua base segue os mesmos preceitos indicados pela dieta do Dr. Atkins com relevante eliminação do consumo de carboidratos.
Por ser considerada uma dieta restritiva, a dieta da USP apresenta uma série de indicações contrárias à sua execução, mas também, promete realizar um grande ganho na eliminação de peso.

 

 Como funciona a dieta da USP?

 

 Dieta da UspComo indicado acima, ela restringe o consumo de carboidratos, preconizando o maior uso de alimentos ricos em proteínas resultando em substancial perda de peso.

Não obstante a este fato, as fontes de energia primárias que são encontrados nos carboidratos ficam prejudicadas.

E, a não ser que seja feito um bom equilíbrio o indivíduo tende a ter uma grande dificuldade em conduzi-la.

Além disso, ela não é voltada para o longo prazo, assim o iniciante poderá interpretar que após o período de realização da dieta não haverá maiores problemas em retornar aos velhos hábitos alimentares.
O programa indica um cardápio de uma semana com um tipo de alimentação para cada refeição com poucos carboidratos como massas, farinhas, arroz, batata, macarrão, pães e inhame.

Em contrapartida, assume-se que se devem consumir proteínas advindas de ovos, carne vermelha, peixes, leites e derivados, e finalmente, azeite, sorvete e oleaginosos.
Como é uma dieta fechada, não se permite fazer alterações no cardápio, ou seja, o tal programa deve ser seguido à risca.

E, após a primeira semana, deve ser repetido o mesmo cardápio para garantir a perda de peso prometido.

Vantagens da dieta

A dieta da USP promete, essencialmente, uma importante perda de peso, mas não garante que esta perda esteja limitada à gordura.

Devido à ausência de carboidratos e consequente gasto de energia advindo das proteínas e gordura, fatalmente, haverá perda de massa muscular magra também.
Ela se apoia ainda, no fato de que os alimentos consumidos, uma vez que são de digestão lenta, promovem maior sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa tenha menos vontade de comer, evitando assim o risco de petiscar ou acabar ingerindo doces e frituras.

Desvantagens da dieta da USP

A desvantagem mais notória está no fato de eliminar a principal fonte de energia, o que invariavelmente irá causar sensação de fraqueza no organismo.

Enfim, ela não apresenta o equilíbrio necessário para que o organismo funcione plenamente.
Dietas da UspComo a eliminação de peso se dá muito por conta da perda de massa magra e líquidos gera a falsa ilusão de emagrecimento e não contribui para criar hábitos alimentares de longo prazo.

Ou seja, terminado o programa, o indivíduo não recebe orientações do que deve se alimentar dali para frente. Fazendo com que ganhe novamente peso e tenha que retornar a ela.
Além da sensação de fraqueza e indisposição, é comum que seus praticantes sintam alguns outros incômodos como dor de cabeça, náuseas, tontura e diversos tipos de mal estar.

Mas o foco principal é a ausência de um plano de longo prazo, ou em outras palavras, não incentivar a reeducação alimentar, proporcionando somente resultados imediatos, por vezes ilusórios.

Dicas da Dieta da USP

 

Em primeiro lugar, qualquer dieta que se inicie deve ter um plano de longo prazo. Ainda que ela seja dividida em fases, sendo a primeira mais “pesada” visando perder mais peso em pouco tempo.

O fato é que se não for um programa de verdade, estará colocando o indivíduo em risco e não o estará orientando para que mude seus hábitos, sejam eles alimentares e de atividades físicas.
Quem está acima do peso, salvo em casos raros de distúrbios complexos hormonais ou genéticos, certamente é porque não possui hábitos saudáveis.

E quem deseja perder peso, o que para a vida toda e não apenas para um ou dois meses.

Sem dizer que a dieta da USP não se sustenta por um período mais longo do que o período que seu cardápio define. Afinal, quanto mais tempo você deixar de consumir determinados alimentos, mais seu organismo irá se desgastar. O que não é saudável em qualquer caso.

Renato Menezes

Gostou , Compartilhe !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *